Amor Impossível.

12674634_10205749677568163_177668141_n

   Hoje não há amores impossíveis. Os amores contemporâneos são sempre possíveis. Embora possam não ser correspondidos, poderiam ser concretizados. Somos livres de verbalizá-los, de persegui-los e de lutar por eles. Temos o trabalho facilitado já que o outro está à distância de um segundo. De uma mensagem escrita e prontamente enviada, grátis e fácil. Não há distância. Não há barreira física, há ligação virtual. Será o virtual real?

   Hoje há amores impossíveis. O tão perto de distância tornou-se tão longe de espírito. O facilitismo matou o amor. O amor é a conveniência de quem está online e responde primeiro à mensagem, de quem tem amigos em comum. Os amores de ontem eram impossíveis e a luta humana transformava-os possíveis. Os amores de hoje são possíveis e a desumanização ilude-os em impossíveis. Hoje o amor é impossível.

 

Com Amor,

A Rapariga (in)Comum

Anúncios

3 pensamentos sobre “Amor Impossível.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s